• estudos

    3 formas de tirar o atraso dos estudos

    Dentre todos os desabafos que ouço desde que estudo para o vestibular, a história do atraso é aquela capaz de tirar noites de sono – seja estudando a matéria acumulada, ou sofrendo de insônia por preocupação. Pensando nisso, resolvi colocar aqui 3 formas de tirar o atraso dos estudos de acordo com sua personalidade e tempo disponível. Elas podem até parecer loucura, mas realmente funcionam se feitas do jeito certo: com sangue nos olhos (ou, com toda a força de predador que temos dentro de nós).

    Tenha em mente – ou no papel – todos os tópicos que precisa estudar, todos os espaços livres na semana e em quanto tempo deseja terminar de estudar tudo. Tente não ficar louco e manter a saúde mental estável para ter um bom rendimento, leia sobre isso neste link.

     

    3-formas-tirar-atraso-estudos

    Confere aí embaixo os 3 melhores métodos de colocar a matéria em dia.

  • lifestyle

    8 desafios da blogosfera para aderir

    Ou: Os projetos que fiquei muito empolgada para começar a escrever a respeito no mês de abril.

    #BEDA2

    Eu amo desafios, eles tiram as pessoas da zona de conforto e fazem elas evoluírem. Esse amor todo fez com que eu fosse viciada em novos desafios. Listei aqui os 8 desafios que vou aderir em Abril, em que cada um tem uma função (seja entretenimento ou dinamização na escrita).

    Falei sobre o que você ia encontrar aqui no bog, mas agora os assuntos tomaram mais um rumo: os desafios da blogosfera. E é claro que eu iria participar, começando pelo BEDA. BLOG EVERYDAY IN APRIL, achei que nunca mais enfrentaria um Beda depois de falhar no BEUC (blog everyday until christmas), mas cá estou eu. Desta vez não quero apenas postar todos os dias, mas – durante o próximo mês – dinamizar a produção de cada post, assim como registrar melhor esse comecinho da minha nova – doida- rotina. Uma loucura.

     

  • estudos,  organização

    como manter a saúde mental quando você é um vestibulando

    Ou quando você é um estudante de qualquer outra área (também vale).

     

    Comecei a dar importância sobre saúde mental quando percebi que estava ficando exausta após alguns dias de estudo intenso. Quando o cansaço é físico, uma boa noite de sono e um pouco de exercício resolve, mas para resolver o cansaço mental é preciso mudar o estilo de vida. E foi aí que me toquei: não sou um robô, preciso de descanso, de contato social e de um tempo sem fazer nada. Todo mundo precisa disso.

    Mesmo quando diminuí o rítimo, sabia que precisava de um plano de ação, e foi quando organizei os 3 passos para começar a estudar pra valer. E quando digo começar a estudar pra valer, significa que é estudar todos os dias, sem acumular matéria, sem se perder em pensamentos e sem deixar que outras coisas se tornem mais importantes que os estudos. E sim, organizar na cabeça – ou no papel – quais mudanças quer tomar, ajuda bastante pra descobrir como fazer essa mudança.

  • aleatoriedades,  lifestyle

    sobre lidar bem com mudanças

    Este blog veio de outra url! Primeira vez na floresta? Clica aqui e lê o post em que escrevi sobre isso.

    Follow my blog with Bloglovin 

    Não sei como serão meus dias, quem são as pessoas que estarão na minha vida nem por onde vou andar. E sinto um alívio enorme em dizer que ao invés de me congelar, as mudanças agora me impulsionam. Essa é uma das histórias – que vão estar por aqui – sobre como estou aprendendo a viver.

    FIGHT!

    Sempre que estou prestes a começar algo novo imagino a voz dos lutadores gritando “fight” no Mortal Kombat, uma das palavras que me motivam todos os dias.

     

    DO VELHO, AO NOVO 

    e sobre ser diferente

    Antes da maravilhosa viagem que me ensinou a coisa mais importante sobre a vida: “A vida acontece hoje!“, eu havia abandonado fiquei longe do blog florestalis que estava com domínio do blogspot (que você pode acessar clicando aqui, mas rápido antes que ele saia do ar), e também tentei desenvolver novos hábitos enquanto começava a estudar para o vestibular. Mas não estava dando certo.

    Estava acostumada com as minhas mudanças repentinas, as opiniões que não permaneciam as mesmas e as novas ideias que sempre me apareciam, e tudo isso já fazia parte da minha rotina. Afinal, como mudar mais algo que já estava sendo mudado todos os dias? Essa constante mudança me ajudou a ser mais confusa e atrapalhada do que já era, até que chegou a hora de fazer as coisas serem diferentes.