• aleatoriedades,  desafios,  listas

    coisas para fazer na primavera

     

    Quando entrei na onda do Bullet Journal, pratiquei a façanha de listar coisas. Os tipos de lista eram muitos, mas reinavam as listas de coisas pra fazer, foi quando fiz a lista de coisas para fazer na primavera.

    Ano passado, quando criei essa lista, minha principal motivação era celebrar minha estação do ano favorita me envolvendo mais com a natureza (sem precisar fazer uma trilha ou acampar). Então reuni num papel, coisas simples para fazer que poderia encaixar na minha rotina. Na época me inspirei em um post do Super Ela escrito pela Maki de Mingo do desancorando (já deu tempo de enjoar de eu falando tanto dela por aqui?).

    Ψ

    O foco principal da lista é fazer atividades que envolvam contato com a natureza, e faz parte de um desafio que acabei de criar que se chama Nature Connectedness (Conectados com a Natureza). O objetivo é tentar criar uma relação forte com a natureza, e como faz isso? Tendo contato com as plantas, animais etc. E também, prestar atenção nos benefícios que esse contato traz (são muitos). Mas vamos a lista, em outro momento escrevo sobre o desafio.

     

    coisas-para-fazer-primavera-2018
    Primavera no Hemisfério Sul: 23/setembro – 22/dezembro | Foto: Cintia Taira

     

    coisas para fazer na primavera

    vou marcar como • ou 

    Ψ

     • andar de bicicleta (tente)

    Essa com certeza não é minha melhor habilidade. Aliás, nem é uma habilidade. Sempre quis aprender a andar de bicicleta, mas desisti ainda criança. Esse ano pude tentar pela primeira vez depois de anos – quando fui pra praia -, minha amiga Nicoly me ajudou, e acho que estou perto de aprender. (Hahah, fale em andar de bicicleta que dou risada. 19 anos e não consigo nem dar 3 pedaladas)

     

     • relembrar como é andar de patins

    Não sabia andar de bicicleta mas me recusava a ficar parada vendo as crianças do prédio brincando. Decidi aprender a andar de bicicleta, e assim o fiz. Mas, quando quebrei o braço (andando de patins) veio meu declíneo: nunca mais andei do par de tênis com rodinhas ;-;

     

     • tentar (de novo) andar de skate

    Tentar, tentar, jamais desistir. É isso.

     

     caminhar

    Mas tem que ser outside! Fora de casa, na rua, no parque, em qualquer lugar com ar fresco e natureza por perto (mesmo que seja só umas 2 árvores. gente que mora em SP me entende).

     

     • correr

    Em lugares apropriados para corrida, mas também em contato com a natureza (não vale na academia).

     

     • nadar

    Onde e como? Boa pergunta, também não sei. Mas como esse é o único esporte no qual tenho sucesso, e o único que gosto muito, seria impossível não coloca-lo aqui.

     

     • encontrar um bom chá gelado (ou café) para tomar

    No meu caso, preciso achar um chá que eu goste, e acho que vou gostar mais de um gelado. Recomenda algum lugar pra eu tomar um bom chá gelado? (ou receita) Me fala nos comentários.

     

     • dia do sorvete!

    Pra comprar aquele sorvete e aproveitar o momento! – o melhor doce na melhor estação ♥ 🙂

     

     • planejar um pic-nic com alguém especial

    (essa pessoa especial pode ser você!).

    No meu caso, será com o Flávio

     

     • ir ao pic-nic.

    Precisei colocar esse aqui porque costumo planejar e não fazer (ops)

     

     • tirar MUITAS fotos.

    Às vezes é um pouco difícil lembrar/ter vontade de fotografar bons momentos quando se trabalha com fotografia.

     

     • […] e postar fotos!

    The boss. Confesso que postar minhas fotografias nas redes não é lá algo tão natural pra minha pessoa.

     

    √ ler embaixo de uma árvore.

    Coloca um lençol no chão, deixa perto uma garrafa de água, alguma coisa pra comer. Pronto ♥ (pessoas sensíveis aos insetos, como eu, usem repelente)

     

    √ escrever sentado(a) na grama.

    Escrever nunca é demais, e quando fazemos isso diariamente nossa percepção de vida muda!

     

     • ler 1 livro em 1 dia.

    Tenta com um pequeno, ok?! Não aceitei minha incapacidade demorar tanto para terminar um livro, por isso sempre retorno com esse tipo de desafio.

     

     estudar em uma cafeteria, biblioteca e/ou parque.

    Uma ótima forma de voltar ao pique #studyhard.

     

     • festejar!

    Com coisas naturais! Seja um lugar, um prato, ou com o tema da primavera. E quando escolhi isso, foi com o objetivo de comemorar aniversários de namoro. Só tenho mais 2 até o final da primavera, então lets work

     

    (essa minha lista reúne um pouco de todas as coisas que queria fazer para variar a rotina, por isso se tornou bem pessoal)

    Ψ

    E você, já pensou nas coisas que quer fazer na primavera? E me conta o que você achou do desafio Nature Connectedness.

  • estudos

    3 formas de tirar o atraso dos estudos

    Dentre todos os desabafos que ouço desde que estudo para o vestibular, a história do atraso é aquela capaz de tirar noites de sono – seja estudando a matéria acumulada, ou sofrendo de insônia por preocupação. Pensando nisso, resolvi colocar aqui 3 formas de tirar o atraso dos estudos de acordo com sua personalidade e tempo disponível. Elas podem até parecer loucura, mas realmente funcionam se feitas do jeito certo: com sangue nos olhos (ou, com toda a força de predador que temos dentro de nós).

    Tenha em mente – ou no papel – todos os tópicos que precisa estudar, todos os espaços livres na semana e em quanto tempo deseja terminar de estudar tudo. Tente não ficar louco e manter a saúde mental estável para ter um bom rendimento, leia sobre isso neste link.

     

    3-formas-tirar-atraso-estudos

    Confere aí embaixo os 3 melhores métodos de colocar a matéria em dia.

     

    sou insano

    ou: tenho tempo para estudar e sou corajoso o suficiente pra fazer isso o dia todo.

    É realmente insano estudar o tempo todo, de forma que quase não se tem tempo livre, mas é o jeito mais rápido de estudar tudo que ficou atrasado – e doidinho, se não tomar cuidado.

    1. Distribua todos os tópicos a serem estudados pela quantidade de dias que você tem para estudar (lembre-se de excluir – ou não – os finais de semana).
    2. Use todo o seu tempo dedicado aos estudos + qualquer “tempo livre” (durante as refeições ou logo após, durante o deslocamento etc) que tiver para estudar os tópicos do dia e evite usar as redes sociais (não vai ser pra sempre, e você quer terminar de estudar tudo, certo?).
    3. Escolha um momento – curto – do dia para cuidar da mente: assistir um episódio da série favorita (prefira séries com episódios curtos), um capítulo de um livro, checar as redes sociais e aprecie muito esse momento porque o resto do tempo deve ser dedicado exclusivamente aos estudos.

     

    quero ter vida

    ou: tempo não é uma coisa fácil de conseguir, mas vou arrumar.

    O objetivo é ficar em dia com a matéria, não estudar cada minúncia deixada para trás. Esta talvez seja a forma mais sã de tirar o atraso das coisas, estudando tudo que pode mas sem abrir mão dos ‘roles’, episódios de Grey’s Anatomy e nem do sagrado momento da refeição.

    Diferente do insano:

    1. Escolha apenas os tópicos mais importantes e distribua-os pela quantidade de dias.
    2. Estude sempre que puder, mas não desmarque uma festa ou deixe de ir ao cinema por causa dos estudos.

     

    só na tranquilidade

    ou: não tenho tempo pra me matar nos estudos.

    Depois de passar pela fase insana, pelo quero ter vida e ter conseguido ficar em dia com a matéria, agora que preciso – de novo – tirar o atraso decidi que desta vez não ficaria louca (esquecia de ter tempo livre, rsrs).

    Os estudos são importantes mas tempo é uma coisa que está em falta? Então segue o bonde.

    1. Estude e revise tudo o que está sendo passado durante a semana, seja na escola, faculdade, curso ou site online. Não deixe esses tópicos para trás!
    2. Selecione os assuntos que você tem mais dificuldade.
    3. No primeiro tempo livre que tiver (nos últimos minutos da aula, por exemplo) escolha um dos tópicos selecionados e estude.

     

    BEDA2018

     

    Até hoje nunca ouvi alguém dizer “como foi fácil ficar em dia com a matéria”, porque não é. Por ter ficado pra trás, o assunto já foi quase esquecido – ou ainda é desconhecido – e fica difícil entender tudo de primeira. Então coloca o plano milagroso em prática pra não morrer afogado no mar de matéria atrasada.

     

  • lifestyle

    8 desafios da blogosfera para aderir

    Ou: Os projetos que fiquei muito empolgada para começar a escrever a respeito no mês de abril.

    #BEDA2

    Eu amo desafios, eles tiram as pessoas da zona de conforto e fazem elas evoluírem. Esse amor todo fez com que eu fosse viciada em novos desafios. Listei aqui os 8 desafios que vou aderir em Abril, em que cada um tem uma função (seja entretenimento ou dinamização na escrita).

    Falei sobre o que você ia encontrar aqui no bog, mas agora os assuntos tomaram mais um rumo: os desafios da blogosfera. E é claro que eu iria participar, começando pelo BEDA. BLOG EVERYDAY IN APRIL, achei que nunca mais enfrentaria um Beda depois de falhar no BEUC (blog everyday until christmas), mas cá estou eu. Desta vez não quero apenas postar todos os dias, mas – durante o próximo mês – dinamizar a produção de cada post, assim como registrar melhor esse comecinho da minha nova – doida- rotina. Uma loucura.

     

  • estudos,  organização

    como manter a saúde mental quando você é um vestibulando

    Ou quando você é um estudante de qualquer outra área (também vale).

     

    Comecei a dar importância sobre saúde mental quando percebi que estava ficando exausta após alguns dias de estudo intenso. Quando o cansaço é físico, uma boa noite de sono e um pouco de exercício resolve, mas para resolver o cansaço mental é preciso mudar o estilo de vida. E foi aí que me toquei: não sou um robô, preciso de descanso, de contato social e de um tempo sem fazer nada. Todo mundo precisa disso.

    Mesmo quando diminuí o rítimo, sabia que precisava de um plano de ação, e foi quando organizei os 3 passos para começar a estudar pra valer. E quando digo começar a estudar pra valer, significa que é estudar todos os dias, sem acumular matéria, sem se perder em pensamentos e sem deixar que outras coisas se tornem mais importantes que os estudos. E sim, organizar na cabeça – ou no papel – quais mudanças quer tomar, ajuda bastante pra descobrir como fazer essa mudança.

  • aleatoriedades,  lifestyle

    sobre lidar bem com mudanças

    Este blog veio de outra url! Primeira vez na floresta? Clica aqui e lê o post em que escrevi sobre isso.

    Follow my blog with Bloglovin 

    Não sei como serão meus dias, quem são as pessoas que estarão na minha vida nem por onde vou andar. E sinto um alívio enorme em dizer que ao invés de me congelar, as mudanças agora me impulsionam. Essa é uma das histórias – que vão estar por aqui – sobre como estou aprendendo a viver.

    FIGHT!

    Sempre que estou prestes a começar algo novo imagino a voz dos lutadores gritando “fight” no Mortal Kombat, uma das palavras que me motivam todos os dias.

     

    DO VELHO, AO NOVO 

    e sobre ser diferente

    Antes da maravilhosa viagem que me ensinou a coisa mais importante sobre a vida: “A vida acontece hoje!“, eu havia abandonado fiquei longe do blog florestalis que estava com domínio do blogspot (que você pode acessar clicando aqui, mas rápido antes que ele saia do ar), e também tentei desenvolver novos hábitos enquanto começava a estudar para o vestibular. Mas não estava dando certo.

    Estava acostumada com as minhas mudanças repentinas, as opiniões que não permaneciam as mesmas e as novas ideias que sempre me apareciam, e tudo isso já fazia parte da minha rotina. Afinal, como mudar mais algo que já estava sendo mudado todos os dias? Essa constante mudança me ajudou a ser mais confusa e atrapalhada do que já era, até que chegou a hora de fazer as coisas serem diferentes.

pt_BRPT_BR
en_USEN pt_BRPT_BR