• aleatoriedades,  diário,  estudos,  sessão online de terapia

    até que tudo mude | diário de estudo #1

    florestalis-header

     

    milagrosamente o que sinto neste momento pré-prova não é desespero. uma paz imensa tomou conta do meu ser e até a famigerada confiança que geralmente não me pertence, se faz presente em mim. “vou escrever sobre o que estou sentindo antes da prova porque vai me ajudar”, pensei ontem. tudo o que eu esperava era um oceano de medo, angústia e ansiedade. essa última vem me acompanhando já faz sei lá quanto tempo, e nos últimos dias foi mais forte, mas hoje, é só uma lembrança. primeiramente me sinto grata ao Amor. em segundo lugar, me sinto orgulhosa de mim por esse gigante passo. “não é nada de muito maravilhoso”, eu estava prestes a digitar. mas é sim! de tantas provas que fiz, tantas horas de estudo, anos de uma esperança quase morta… nunca me senti tão viva e com tanta fé. não é um mérito meu, mas é algo para se orgulhar. como disseram alguns professores “você vai lá fazer essa prova com um sorriso no rosto”. lembro também de um texto que li no instagram ‘como pode o caminho ser tão tortuoso e de dor se o objetivo da vida é ser feliz? seu plano é ser feliz, então torne o processo agradável’. hoje mudo minha postura de desesperança e medo. hoje eu escolho encarar as coisas de um jeito diferente, mais alegre, com um sorriso no rosto. e parece mesmo algo que não é nada de muito milagroso”, até que você também sinta e comece a agir assim. o Amor muda tudo, e é preciso coragem para deixa-lo transformar os corações.

     

    Ψ

     

    quando tudo começou a mudar, leia neste link

     

    #BEUC

     

     

  • aleatoriedades,  estudos,  listas

    pétalas da internet antes da fuvest

    tocando “jovem” do supercombo – já no finalzinho da escrita desse post – porque essa música me motiva muito!

     

    eu nunca vou abandonar meus sonhos - supercombo

     

    há algum tempo vendo querendo postar esse tipo de lista com os links e coisas que me motivaram/inspiraram na semana, mês, ano, não importa a época. fiquei bastante tempo sem fazer isso porque queria ter um nome especial pra essa categoria e como não tinha nenhuma certeza se seria algo semanal ou mensal, escolhi uma palavra bem genérica que desse pra usar em tudo: pétalas. o legal – ou esquisito – é que consigo atribuir a palavra tanto para inspiração, motivação, ideias, referências… uma infinita lista de coisas.

     

    a fuvest é nesse domingo e eu estava perfeitamente bem até começar a pensar na prova. agora que comecei, não consigo mais parar e o que me resta é a bem conhecida busca pela calma. ansiedade não é algo fácil de se lidar e o jeito que achei pra isso é diminuindo o ritmo dos meus compromissos – que são muitos – e buscar um pouco de motivação. esse mundo do studygram tem me ajudado demais nesse processo, mas também várias outras partes da internet.

    Ψ

    sem muita demora, aqui estão algumas coisas que me ajudaram (e me ajudam) a acalmar a maré.

     

     

     

    O que é arte pra você?

     

     

    achei esse vídeo no facebook e QUE VÍDEO LINDO. ele não tem muito a ver com o mundo dos vestibulares mas com certeza exerceu uma influência gigantesca no meu ânimo. se você gosta de arte, de pessoas, (não precisa gostar de crianças, mas se gostar vai ser mais legal ainda) de educação… tenho certeza que você vai amar isso. antes de adultos todos fomos crianças, e é muito legal ver o quê coisas tão sujetivas como a arte representam pra um ser humano. assiste, sério ♥ (foi hoje que achei o vídeo, e talvez por isso seja o que está me motivando mais)

     

     

    Nilce e Leon

     

     

    (desconsidera que é sobre o enem, porque isso tá funcionando pra mim só agora) engraçado que depois que conheci esse casal da internet saio falando pra todo mundo “ei, você precisa conhecer a Nilce e o Leon. eles isso e aquilo”. sempre brinquei com as pessoas que são de alguém ou alguma coisa e hoje – muito provavelmente – me vejo nessa situação. hoje, com certeza, eles são meus maiores motivadores da internet. seja para os estudos, casamento, ou para vida. eles são demais. (fica só entre nós que quase tive um treco quando vi eles há 20 metros de distância na BGS 2018)

     

     

    beuc – blog everyday until christmas

     

    não tem nada de muito milagroso no ato de blogar todo dia em um mês, mas desafios me conquistam facinho facinho. final de ano é com certeza um momento turbulento pra mim, especificamente a primavera (por isso fiz uma listinha da felicidade pra me ajudar). na bagunça não há melhor ajuda que a escrita para colocar as coisas no lugar. manter as coisas dentro de mim sufoca, então só de pensar em escrever mais fico tranquila.

     

     

    depoimento sobre o vestibular da faculdade dos sonhos

     

     

    confesso que quando comecei a ouvir ela falando não gostei muito, mas quem disse que minha ânsia de informações não supera tudo? assisti os três vídeos dela com relação à usp e o depoimento dela e as falas de motivação me incentivaram a continuar nessa onda. assim como tudo nessa vida: não é nada milagroso, mas pra quem está em busca de um pouco de esperança qualquer coisa vira fonte.

     

     

    minha eterna motivação

     

     

    em uma das minhas crises “o que faço da vida” achei o cara que me ajudou a entender de uma vez por todas qual faculdade fazer. certezas nem sempre são coisas absolutas e é muito bom reconhecer isso. coloco esse vídeo aqui porque é sempre bom lembrar do porquê escolhi biologia, é o que me mantém firme.

     

     

    melhor inspiração para estudantes

     

     

    essa jornada já tá comigo faz um tempinho considerável, e essa menina é uma ótima fonte de inspiração para o mundo dos estudos. aliás, esse vídeo foi um ótimo “cai na real” com muito amor pra eu parar com alguns maus hábitos nos estudos.

     

     

    devagar e sempre

    “continue a nadar” certamente é a frase que mais tem me motivado nos últimos anos. e não se trata apenas de continuar existindo, mas de viver e prestar atenção no processo. a Maki de Mingo – como sempre, me ajudando – falou sobre a nossa ânsia de ter várias ideias, projetos e querer compartilhar, fazer tudo de imeadiato. o mundo de hoje traz essa sensação de que não temos tempo e por isso precisamos fazer tudo bem rápido, mas não é bem assim. é hora de começar pequeno, devagar e sempre.

     

    Ψ

     

    esse foi um post beeem aleatório mas que significa muito pra mim. talvez já seja uma característica do blog essa coisa do “sem revisão, postei assim mesmo”, e esse aqui surgiu num minuto e no outro já tinha digitado tudo. como repeti várias vezes aqui mesmo “não tem nenhum milagre”, é só um grito de motivação, um desabafo do que me salvou de momentos de angústia causados por essa vida louca de vestibular.

  • arte,  desafios,  fotografia

    6 on 6 forever late • n o v e m b e r

     

    até que tudo mude, nada mudou

     

    ndsfoto_facebook-6

     

    ultimamente as cores têm me chamado mais atenção na fotografia. e quando elas não ficam tão ‘chamativas’, acabo colocando um pouco mais de saturação no lightroom e fica tudo certo.

     

    ndsfoto_facebook-8

     

    não fica natural, e nem é pra parecer real mesmo. o legal da fotografia pré e pós produção é que o conceito da foto pode ser facilmente mudado no processo. é um saco quando não pode fugir do tema, do conceito principal. mas, quando é um ensaio feito sem nenhuma regra a seguir, as coisas simplesmente fluem e a mente fica livre pra mudar o sentido que as imagens vão ter no resultado final.

     

    ndsfoto_facebook-7

     

    mesmo que eu trabalhe com ensaios fotográficos femininos, infantis e eventos, a fotografia sempre me chamou mais atenção para a subjetividade.

     

    ndsfoto_facebook-10

     

    cada símbolo, cor, forma e tudo que compõem uma arte visual têm um significado específico. juntos, formam um, dois, três novos sentidos. isso é incrível.

     

    ndsfoto_facebook-13

     

    minha fotografia é mais conceitual e artística do que qualquer outra coisa, é mais forte do que eu

     

    ndsfoto_facebook-14

    não percebi de início, mas o 6 on 6 tá me ajudando a me descobrir em outras áreas da fotografia. isso é ótimo.

    Ψ

     

    por motivos maiores, as coisas andam atrasadas em todas as socials networks que administro. estou testando essa coisa de não colocar primeira letra maiúscula no início das frases e também a de postar aqui em inglês – inclusive o 6 on 6 fará parte dos posts em inglês futuramente.

    esse foi o primeiro 6 on 6 que usei a câmera para tirar as fotos. foi no próprio dia 6. minha maior dificuldade é sempre em postar, coisa que minha personalidade ‘bipolar’ não permite o tempo todo, mas esse mês saiu!

    (ignorando as 500 palavras que o google acha bom ter em uma publicação)

  • aleatoriedades,  desafios,  listas

    coisas para fazer na primavera

     

    Quando entrei na onda do Bullet Journal, pratiquei a façanha de listar coisas. Os tipos de lista eram muitos, mas reinavam as listas de coisas pra fazer, foi quando fiz a lista de coisas para fazer na primavera.

    Ano passado, quando criei essa lista, minha principal motivação era celebrar minha estação do ano favorita me envolvendo mais com a natureza (sem precisar fazer uma trilha ou acampar). Então reuni num papel, coisas simples para fazer que poderia encaixar na minha rotina. Na época me inspirei em um post do Super Ela escrito pela Maki de Mingo do desancorando (já deu tempo de enjoar de eu falando tanto dela por aqui?).

    Ψ

    O foco principal da lista é fazer atividades que envolvam contato com a natureza, e faz parte de um desafio que acabei de criar que se chama Nature Connectedness (Conectados com a Natureza). O objetivo é tentar criar uma relação forte com a natureza, e como faz isso? Tendo contato com as plantas, animais etc. E também, prestar atenção nos benefícios que esse contato traz (são muitos). Mas vamos a lista, em outro momento escrevo sobre o desafio.

     

    coisas-para-fazer-primavera-2018
    Primavera no Hemisfério Sul: 23/setembro – 22/dezembro | Foto: Cintia Taira

     

    coisas para fazer na primavera

    vou marcar como • ou 

    Ψ

     • andar de bicicleta (tente)

    Essa com certeza não é minha melhor habilidade. Aliás, nem é uma habilidade. Sempre quis aprender a andar de bicicleta, mas desisti ainda criança. Esse ano pude tentar pela primeira vez depois de anos – quando fui pra praia -, minha amiga Nicoly me ajudou, e acho que estou perto de aprender. (Hahah, fale em andar de bicicleta que dou risada. 19 anos e não consigo nem dar 3 pedaladas)

     

     • relembrar como é andar de patins

    Não sabia andar de bicicleta mas me recusava a ficar parada vendo as crianças do prédio brincando. Decidi aprender a andar de bicicleta, e assim o fiz. Mas, quando quebrei o braço (andando de patins) veio meu declíneo: nunca mais andei do par de tênis com rodinhas ;-;

     

     • tentar (de novo) andar de skate

    Tentar, tentar, jamais desistir. É isso.

     

     caminhar

    Mas tem que ser outside! Fora de casa, na rua, no parque, em qualquer lugar com ar fresco e natureza por perto (mesmo que seja só umas 2 árvores. gente que mora em SP me entende).

     

     • correr

    Em lugares apropriados para corrida, mas também em contato com a natureza (não vale na academia).

     

     • nadar

    Onde e como? Boa pergunta, também não sei. Mas como esse é o único esporte no qual tenho sucesso, e o único que gosto muito, seria impossível não coloca-lo aqui.

     

     • encontrar um bom chá gelado (ou café) para tomar

    No meu caso, preciso achar um chá que eu goste, e acho que vou gostar mais de um gelado. Recomenda algum lugar pra eu tomar um bom chá gelado? (ou receita) Me fala nos comentários.

     

     • dia do sorvete!

    Pra comprar aquele sorvete e aproveitar o momento! – o melhor doce na melhor estação ♥ 🙂

     

     • planejar um pic-nic com alguém especial

    (essa pessoa especial pode ser você!).

    No meu caso, será com o Flávio

     

     • ir ao pic-nic.

    Precisei colocar esse aqui porque costumo planejar e não fazer (ops)

     

     • tirar MUITAS fotos.

    Às vezes é um pouco difícil lembrar/ter vontade de fotografar bons momentos quando se trabalha com fotografia.

     

     • […] e postar fotos!

    The boss. Confesso que postar minhas fotografias nas redes não é lá algo tão natural pra minha pessoa.

     

    √ ler embaixo de uma árvore.

    Coloca um lençol no chão, deixa perto uma garrafa de água, alguma coisa pra comer. Pronto ♥ (pessoas sensíveis aos insetos, como eu, usem repelente)

     

    √ escrever sentado(a) na grama.

    Escrever nunca é demais, e quando fazemos isso diariamente nossa percepção de vida muda!

     

     • ler 1 livro em 1 dia.

    Tenta com um pequeno, ok?! Não aceitei minha incapacidade demorar tanto para terminar um livro, por isso sempre retorno com esse tipo de desafio.

     

     estudar em uma cafeteria, biblioteca e/ou parque.

    Uma ótima forma de voltar ao pique #studyhard.

     

     • festejar!

    Com coisas naturais! Seja um lugar, um prato, ou com o tema da primavera. E quando escolhi isso, foi com o objetivo de comemorar aniversários de namoro. Só tenho mais 2 até o final da primavera, então lets work

     

    (essa minha lista reúne um pouco de todas as coisas que queria fazer para variar a rotina, por isso se tornou bem pessoal)

    Ψ

    E você, já pensou nas coisas que quer fazer na primavera? E me conta o que você achou do desafio Nature Connectedness.

  • going on,  in english

    what has been going on the last months (+ some links)

    heeeeeeey, finally some stuff I post in english after the first one!!! yep

    Truly, I was kinda unmotivated and sad about the virtual life and also my mental health wasn’t that good to keep going on challenges, even studies were interrupted for a while. But now I’m here, and while I can there be new stuff.

    Here’s a resume of what has been going on my life, ‘cause it helps me to understand what I need to do.

     

    no cellphone no camera? no pics?

    Well, I’m actually with a cellphone but it camera doesn’t work. Although, I can take pics with my Nikon D3100 Camera (my little sweet baby). I haven’t been doing it yet because it’s kinda boring the process to save it on the computer. Even though, I am trying to make an extra effort with it.

     

    photography as a job

    If there’s something make me feel both happiness and fear is photography. Photograph for fun is awesome but work with it makes me freeze. I am taking a few steps to make it as my real job, like building my online portfolio, registering a public “freelancer” number (in Brazil) and reconnecting with people. I understand it’s the right moment, I feel prepared for it now.

    PLUS, I love all of the visual communication and I wish to study it in a specialized school next year (including design).

    You can know about the news following me on Instagram and Facebook.

     

    english learning

    When I started studying english I had being an english teacher like a goal.  Things didn’t happen that way because of my shiny personality. So last months I gave up trying to improve english motivated by the feeling I couldn’t be good at it. But on the last days – finally – it has changed a bit. I still wanna be a teacher and I decided to improve all of my skills to be good at it. One of the things I’m doing is going to meetups to practice english with natives and people who speak english, and my first time was awesome. I hope to continue improving my english skills.

     

    reading

    Since the beginning of the year my most priority on reading is about the ones I need to study for the test I’m gonna have on november. Also, I’ve been reading a bit of DC comics, fictional and blogs. Check out my readings on GoodReads.

     

    watching

    I used to search and watch series/movies on unsafe and strange sites but right now I don’t have to. Certainly, Netflix has saved me so much time (but also, wasted).

    The series I most like to watch these weeks: The Good Place, Gravity Falls, Final Space, The End of the Fucking World, Lucifer, Black Mirror and ATYPICAL (this one is awesome); most of them are currently updated. Movies are really good I watched this week: Sierra Burges Is a Loser (my english classmate Gabriel suggested, thanks ♥) and Coraline.

     

    studying (?)

    When decisions came to me I just froze and it really disturbed me. I’m changing every time especially on studies, which means I casually need some breath. I’ve not been studying just like I used to, but the time I’m saving now is being used for my improvement. Thomas Frank and Fernando Mesquita are the most important examples I use for my own life, with them I learn a huge quantity of self-improvement. Also, I’m in the 100 days of productivity challenge (currently on day 65th), that’s how I keep my goals in mind while I take a bit breath. (I’m always saying how I take breaks but actually, they’re more like a moment to make decisions. So I keep working)

     

    what-has-been-going-on-the-last-months-1
    i try to take notes on my study books, if it’s not mine i use some left paper

     

    While writing all of these things I was trying to figure out why I should keep digiting this, and what I see now: it helps a lot to have another vision and to understand in what I need to focus starting by now.

    Hope you all have in mind what to do to achieve your goals ♥

     

    see you

    one more post in english by someone who’s learning how to get words together,

    nds

pt_BRPT_BR
en_USEN pt_BRPT_BR